Casamento a 3: O casamento ideal

sexta-feira, janeiro 08, 2016

Eu sempre tive isso bem certo na minha mente- quero uma terceira pessoa no meu relacionamento e eu quero que o meu marido ame mais a Ele do que a mim. Eu sei que pra alguns de vocês isso deve ser um pouco estranho... Mas é o que eu mais desejo do fundo do meu coração. Eu quero que o meu relacionamento seja completo através de Jesus.


O nosso relacionamento individual com Deus deve ser a base para nossos relacionamentos com outras pessoas, especialmente se tratando de um marido ou esposa. E pelo que eu observo por aí… isso é o que mantém um casamento vivo, forte e completo.
Quando casados haverão dias super cor-de-rosa, e uns não tão 'rosa' assim… dias que um ou outro talvez não se sinta bem ou cansados, machucados, querendo pensar em si próprio apenas ou até mesmo como se tivéssemos sido enganados pela vida e todo aquele drama que costumamos fazer. Como meros mortais, queremos fugir, nos esconder ou até mesmo nos vingar, mas são nesses momentos que algo deve se tornar a nossa âncora, nos ajudando a manter a cabeça e o coração no lugar: o amor de Deus.

Como cristãos, nós acreditamos que quando entramos num relacionamento com Deus, somos cheios do Teu Espírito. Esse Espírito é o que que cria em nós os frutos que precisamos para uma vida saudável, e por sua vez, um casamento saudável. Esses frutos são: o amor, a alegria, a paz, a paciência, a delicadeza, a bondade, a fidelidade, a humildade e o domínio próprio. Essas são as qualidades que um casamento bem sucedido possui.
Simples coincidência? Hmm.. acho que não.
Creio que nos dias difíceis, mais do que confiar que meu marido me amará como ele deve, eu também vou confiar no trabalho do Espírito Santo na vida dele.confiarei no espírito de Deus que trabalha na vida dele. Eu serei grata porque Deus irá ensiná-lo e me amar como ele deve me amar e vice-versa.

Não estou dizendo que uma pessoa sem relacionamento com Deus não pode experimentar um casamento saudável, estou dizendo que sem um relacionamento com Deus nós nunca experimentaremos o que é o Amor por completo. Porque somente em Deus podemos viver isso. Ele é a própria definição de amor. Sem Ele, o amor é vago demais por mais perfeito que ele possa parecer.
Os casamentos que mais admiro são os que eu consigo sentir esse tipo de amor fluindo, o compromisso com Deus abastecendo o compromisso matrimonial. Um casamento que não coloca de lado os planos de Deus para nossas vidas individuais, unindo nossos chamados, pra um propósito maior.

Por isso que sou tão firme com relação a importância de um casamento onde o meu marido ama a Deus mais do que a mim, e eu ame a Ele mais que a meu marido. Eu não quero um cara “crente” apenas ou uma boa-pessoa-apenas, mas eu quero alguém apaixonado por Jesus, desesperado por Ele - porque daí poderemos ver as evidências do Espírito agindo em cada detalhe de nossa vida em unidade.

Esse post foi adaptado de um artigo em truelovedates.com por mim.

Pode ser que você também goste:

2 comentários

  1. A mais pura verdade!Esse é o segredo do casamento, um relacionamento a três, centrado na vontade de Deus!!Gostei muito do seu texto e do seu blog!!bjs

    www.gleisecaires.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gle! Fui visitar seu blog, amei! De verdade, deixei um mega comentário lá hahahah depois vc vê! :D Beijos nega!

      Excluir