Uma Perspectiva Celestial

quarta-feira, outubro 21, 2015

Quando eu era menor, eu cuidava do meu irmão umas 2h até a chegada da minha mãe, eu forrava o chão com edredom, colocava um monte de brinquedos, ligava a TV e ficava ali deitada com ele, assistindo TV e tentando entreter aquela criaturinha, as vezes, entre uma música dos desenhos e outra ele se apoiava no sofá e começava a dançar, tentava soltar e se apoiar sozinho, mas logo caia... era tão engraçadinho! Essa fase dos primeiros passos, é a mais emocionante, é tão legal ver como os bebês são corajosos em querer se levantar e tentar dar os primeiros passos sem a ajuda ou o apoio de nada... Então, todo mundo corre e começa a filmar e contar o número de passos dos babies até eles caírem... Você já reparou o que os pais fazem quando seus bebês caem?
Eles xingam? Brigam? Ficam envergonhados se os filhos não conseguem de primeira? Segunda? Terceira?  Desistem?
Não. Em vez disso, encorajam e animam cada passo desajeitado, e quando eles caem, eles vão ajudar a colocar os filhos em seus pés até que eles possam tentar andar novamente.

O que é isso? Você chama isso de amor? Você chama isso de paciência? É saudável? Pra mim, isso é um grande exemplo de uma perspectiva diferente, que está cheia de graça.

Esta perspectiva se baseia na realidade. Os pais sabem que seus bebês vão cair. Mas eles também têm a confiança de que os seus filhos vão acabar aprendendo a caminhar, porque esse é o processo natural.

Agora considere o seguinte:
  • De onde é que o nosso Pai celestial encontra sua perspectiva quando Ele nos vê - você e eu - em nossa caminhada diária?
  • Será que Ele confia nas probabilidades, na experiência pessoal ou em algo muito maior?

Adicionar legenda

A sabedoria de Deus sobre a sua vida pode vir de muitos lugares:

Em primeiro lugar, Ele fez você. Como um engenheiro entende um carro que ele desenhou, ninguém entende suas limitações e possibilidades melhores do que o Deus que o criou.

Em segundo lugar, Deus tem experiência incompreensível. Que tipo de diploma você ganha por ajudar as pessoas de todas as gerações a aprenderem a conviver com as dificuldades e os desafios deste mundo?

Em terceiro lugar, Deus não se surpreende com seus amanhãs. Ninguém mais, mesmo o melhor pai amoroso, pode olhar para o seu futuro e se preparar para o que vem pela frente e como superá-lo. Ele sabe que você todos os dias você acorda preparado ou não para lutar, cometer erros, e falhar. Somos assim, mas Ele quer que você saiba que você está cercado por seu perdão e graça.

Você consegue imaginar o que esse tipo de perspectiva muda na sua vida? Bom, quando comecei aplicar isso na minha vida, isso me impediu de sair dos trilhos. Minha vida parece ser uma batalha constante de fazer escolhas. Eu quero ser uma boa profissional, uma esposa amorosa para o meu futuro marido (que eu ainda nem conheço), uma líder exemplar dentro e fora da igreja, uma boa amiga... Eu lido constantemente com obstáculos como exaustão, confusão, o egoísmo, a falta de recursos, e, principalmente, a falta de foco. Quando eu começo a sofrer com essas coisas, a tendência é cair ou desviar, com certeza, mas não quando começamos a olhar da maneira que Deus nos vê não há desculpas suficientes para tentar enganar a nós mesmos.

As vezes me pego me sentindo a "cara da derrota", fadigada por causa do meu cotidiano... fico ensaiando em minha mente todos os "sacrifícios" que eu faço na minha vida e questionando a minha falta de recompensa. Parece que eu estou afundando em um poço de lama. Mas daí Deus fala. Não, Ele não enviou um raio pra corrigir a minha atitude. Em vez disso, eu senti uma voz falando suavemente em meu coração, perguntando: E o que o meu filho fez por você?

Mano, com apenas uma pequena questão, Ele pode mudar toda a sua perspectiva. Com esse pequeno lembrete, todo o egoísmo que eu estava lutando contra foi substituído por uma montanha de gratidão que me fez lembrar do dom da graça que me foi dado de graça. Jesus não estava esperando que nós déssemos uma estrelinha dourada pra Ele, mas Ele fez isso por amor.
Muitas vezes eu luto contra meu próprio ego, aliás essa impostora que existe dentro de mim é a minha pior inimiga. Ela gosta de chamar a atenção, gosta de ser recompensada e não vou ser hipócrita de mentir para mim mesma dizendo que tudo que eu faço é por amor ao próximo - as vezes não é bem assim que acontece - eu não sou perfeita. Talvez nunca seja. Como um bebê que dá seus primeiros passos, ainda vou cair muitas vezes, mas basta eu me lembrar de que Ele se entregou por mim mesmo sabendo de tudo isso.

No entanto, algumas pessoas não conseguem experimentar a graça, eles têm medo de voltar para Deus quando a vida fica difícil e eles cometem erros... acabam caindo na sua caminhada cristã. Eles esperam ser ridicularizados, condenados ou repreendidos, MAS não é isso o que acontece quando nos aproximamos de Deus.

Sabe, Elias era um profeta do Antigo Testamento, que achava que a vida tornou-se injusta. Ele sentiu que estava sozinho, sem apoio; ele foi alimentado e ele estava desistindo. Suas palavras a Deus foram: "Deixe-me morrer." (1 Reis 19: 4).
Felizmente para Elias, Deus tinha outros planos. A Bíblia diz que Deus veio a Elias. Mas ele não falar com ele mais ou menos. Ele falou com ele em uma voz mansa e delicada, assim como ele fez por mim.
Eu espero que você nunca tenha chegado a esse ponto onde Elias fez, querendo morrer, mas se você tem, sei que, mesmo nos momentos mais desesperados, Deus quer falar com você, e Ele quer falar palavras de direção, palavras de perdão, e palavras de graça em sua vida.

Quando você se encontra nesse lugar duro, amargo e desanimado porque você caiu (de novo). Tente  parar por um momento e ouvir como se o próprio Deus estivesse sussurrando estas palavras em seu ouvido: O que é que o meu filho fazer por você?
Se você pode aceitar que Jesus deu a vida por você, como Ele fez por mim, considere esta maravilhosa pergunta o apóstolo Paulo pede a todos nós: Por que Deus iria parar lá? Não faz sentido. Por que a graça acaba na cruz?
A verdade é que a cruz é o começo de graça. E somente aceitando isso podemos adquirir essa perspectiva celestial.

Pode ser que você também goste:

0 comentários