Me Inspira: Ocupado demais para deixar de orar

quarta-feira, julho 15, 2015

Título: Ocupado demais para deixar de orar
Autor: Bill Hybels
Editora: United Press

Sinopse do Livro:
A maioria de nós tem dificuldades para encontrar tempo para orar. Há muito o que fazer: a igreja, a vizinhança, o trabalho, os amigos, a recreação. e depois, a crise nos atingi! Parece impossível encontrar tempo pra orar.
Bill Hybels, pastor, conhece centenas de pessoas com agenda tomada. No entanto, em sua própria vida, ele fez a dura descoberta de que a oração não acontece enquanto estamos agitados. Decidiu que estava muito ocupado pra não orar. As idéias neste livro prático podem nos ajudar a aprender a desacelerar para estarmos com Deus.
Gente, esse livro mudou minha vida, foi o primeiro livro que li esse ano e estou enrolando par fazer a resenha desde então (me perdoem!). Tenho que admitir que não sou a mais disciplinada com relação a oração, de um modo geral, eu costumo orar durante o decorrer do dia, dialogando com Deus enquanto faço minhas tarefas, mas parar e realmente ter um tempo de qualidade com Deus era uma coisa terrível para mim. Eu comecei então, a buscar estratégias em todos os lugares, e esse livro caiu como uma luva na minha vida.
O autor é um executivo e pastor e usa as experiências dele para nos ajudar a colocar um pouco mais de disciplina na nossa vida corrida. Oração é o combustível da nossa vida, e Deus está desesperado para que tenhamos um tempo a sós com Ele.
O livro realmente nos deixa ansiosos para colocar tudo que lemos em prática, é super fácil e gostoso de ler e realmente te deixa inspirado!
Aprendi muito a respeito de Deus me chamando à sua presença, me convidando a falar com Ele continuamente, os métodos para quebrar as barreiras que nos impedem de orar (comecei até a fazer um diário espiritual), reconhecer como Deus fala aos nossos corações, e mais importante ouvir e tomar as medidas necessárias quando Deus nos pede.
Eu procurava por palavras de incentivo para melhorar a minha vida de oração e encontrei nesse livro. Com certeza eu recomendo! E logo logo, quero lê-lo novamente!

Pode ser que você também goste:

0 comentários