[Parte 2] Em frente. Enfrente!

segunda-feira, março 09, 2015

Com tanta correria eu acabei nem contando o que houve com a minha vida pessoal, aliás peço mais uma vez desculpas por estar falhando com vocês, estou engajada com alguns projetos na igreja e na IBM o que não me permite ter tempo hábil pra montar os posts para vocês.
Pois bem, acho que vocês se lembram daquela vaga de trainee que eu estava concorrendo, certo?
Para sua informação, EU PASSEI! UHU! Muito legal, que bom... eu suspeitava desde o princípio! PORÉM, Deus pediu para eu entregar esse sonho para Ele. UHU!


Sim, eu chorei muito! Mas deixa eu contar a história desde o princípio...
No princípio a terra era vazia e sem forma e o Espírito de
Ok, eu sempre quis me tornar uma executiva, desde que eu me lembro meu sonho era ser poderosa e rica (podem rir... hahaha mas é sério) e desde muito tempo antes de entrar na IBM já tinha um plano de carreira definido.
Com toda essa adrenalina de programa de trainee na área de vendas eu fiquei muito "emocionada" e, eu achava que era muito de Deus porque eu tenho promessas do Senhor a respeito disso. E Deus não coloca sonhos em nós a toa, pessoal, Ele tem um propósito para cada um de nós. Enfim, eu bem animadinha com o processo seletivo, acabei não dando ouvidos a tudo que Deus vinha falando para mim. Decidi por um ponto final nisso, quando eu orei numa sexta feira: Senhor, se for da sua vontade que eu não vá, então mostra pra mim que você está abrindo vagas pra mim aonde eu estou. Pois bem, na segunda-feira tive uma reunião com o meu chefe, e o Espírito Santo falou bem claro comigo. E eu estava feliz, eu estava segura porque não tem coisa melhor do que ouvir e acatar a voz de Deus. Isso tudo sem nem, ao menos ter a resposta do RH da empresa, olha só a ansiedade e o desespero da pessoa. Na sexta-feira da mesma semana, a mulher do RH da empresa ligou e confirmou que eu havia passado. Gente! Pensa numa pessoa que respirou tão fundo que o pulmão quase explodiu, é. Respirei muito fundo, tentei fazer uma voz de que eu estava convicta e satisfeita com a minha decisão, mas no fundo meu coração estava tão acelerado que eu sentia minha voz tremendo e minha respiração falhar. No minuto em que eu desliguei o telefone, parecia que o relógio tinha parado, fiz uma expressão facial de choque, com frustração, com incerteza e desabei... Comecei a chorar loucamente, pedi para uma amiga minha aqui do trabalho me acompanhar até o toilet, ela orou por mim, mas foi assim 2h de choro quase ininterruptas do caminho do trabalho até em casa. Parecia que só tinha caído a ficha de que eu estava entregando um sonho pra Deus quando eu disse não de verdade para a mulher do RH.
Eu orei e Deus falou: Não se preocupa, esse sou Eu matando sua carne, mas CONFIE EM MIM.
Apesar da dor, apesar da frustração, eu sabia que Deus estava no controle da situação porque Ele é Senhor absoluto da minha vida e não me importo o que vou sofrer. Se essa for a vontade Dele, eu vou fazê-la, porque esse é o meu Pão.
Mais difícil do que dizer não, foi ter que explicar para o meu chefe e mentor porquê eu disse não à vaga hahahaha, e embora tenha sido tachada como covarde, só eu sei o que realmente aconteceu e como o Senhor tem trabalhado e tratado a minha vida.

Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês", diz o Senhor, "planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro."

Enfim, minha família me apoiou apesar de eles estarem meio afastados, eles sabem quem é o Deus a quem eu sirvo, e Eles sabem que os pensamentos Dele são bem maiores do que os nossos.

Pode ser que você também goste:

0 comentários